Você sabe quais vacinas seu cachorro tem que tomar?

Você sabe quais vacinas seu cachorro tem que tomar?

A dúvida de muitas pessoas é em que momento dar vacina ao cachorro e quais vacinas o cão deve tomar.

Muitas pessoas têm dúvidas quanto a esse tema super comum ao depararmos com ele quando compramos ou adotamos um cãozinho.  Logo vem a pergunta: Quais vacinas devo dar para meu cachorro?

É importante conhecermos o calendário das vacinas consideradas essenciais, afinal, não é só a saúde do bichinho que corre risco, mas as vezes, a nossa também. Sabemos a importância do acompanhamento da saúde animal por um especialista, portanto, informaremos apenas a relação das vacinas consideradas obrigatórias.

Como já mencionado, é importante manter em dia as vacinas dos cães, uma vez que muitas doenças caninas são zoonoses, isto é, doenças que podem ser transmitidas dos animais ao homem. Dentre elas, as mais comuns são a raiva e a leishmaniose. Esta última é transmitida ao cachorro pela picada de mosquito e dele pode ser transmitida ao homem.

 Em vista disso, é importante mencionar que a saúde pública é responsabilidade do Estado, e desta forma, cabe a esse o suporte e controle de zoonoses. Muitas pessoas não sabem, mas a vacina da raiva é fornecida gratuitamente e esse ano tramita no Congresso Nacional A Política Nacional de Vacinação Contra a Leishmaniose Animal.

Política Nacional de Vacinação Contra a Leishmaniose Animal.

A lei número  1738/2011 está em análise no Congresso e no mês de junho foi aprovada por unanimidade pela Comissão de Seguridade Social e Família CSSF e em 26 de junho passou para a Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural             (CAPADR).

Se aprovada, torna obrigatória e prevê a campanha anual e vacinação gratuita em todo território nacional da Vacina contra a Leishmaniose. Se você quiser acompanhar esse projeto deixe seu e-mail ou siga na nossa página em Biblioteca/Direitos dos Cães.

Portanto, voltamos as vacinas. Cachorros adultos que não se sabe se foram vacinados e os filhotes com mais de 45 dias de vida – até então eles são naturalmente imunizados pelo leite materno – precisam receber três doses de vacina múltipla. Portanto, cada dose dessa vacina é aplicada com um intervalo de 21 dias entre elas.

Concomitantemente a aplicação da segunda dose da vacina múltipla V8 ou V10 deve-se aplicar a primeira dose da vacina contra a gripe canina, também chamada de tosse dos canis. O esquema abaixo simplifica como fica representado o ciclo de vacinas período a período:

Podemos ver que ao passar mais 21 dias dá-se a terceira e última dose da vacina múltipla e também a segunda e última da tosse canis.

 

Posteriormente 21 dias é a vez das primeiras doses da vacina da Giárgia e Raiva com reaplicação após igual período.

 

A vacina  v8 e V10 combatem 7  doenças:

– Cinomose

– Hepatite Infecciosa Canina

– Parainfluenza Canina

– Adenovirose

– Coronavirose

– Parvovirose

– Leptospirose canina

 

Preparo Para o dia da Vacina

  • Sempre leve a carteira de vacinação para o adequado registro das doses e datas da aplicação;

  • Leve seu cão pela coleira e concomitantemente pela guia e se possível com algum acessório para imobilizá-lo durante a aplicação.
  • Conforme o temperamento do animal, aconselha-se levar focinheira para evitar qualquer atitude mais agressiva do peludo se se sentir ameaçado.
  • Animais doentes não devem ser vacinados. Nesse caso procure um veterinário para melhor orientação
Receba Atualizações

Não enviamos Spam.

Deixe uma resposta